Religião

Kleber Lucas declara que Deus não é propriedade exclusiva dos evangélico

Mais uma vez ele defendeu a liberdade religiosa e revelou que ainda sofre preconceito por ter ajudado um terreiro de candomblé

Caio Rangel | Publicado em: 04/02/20 às 10:50
Kleber Lucas declara que Deus não é propriedade exclusiva dos evangélico
Kleber Lucas (Reprodução)

O pastor cantor Kleber Lucas participou nesta segunda-feira (3), do Programa Super Pop da Rede TV. Uma das pautas do programas foi a intolerância religiosa.

A apresentadora Luciana Gimenez narrou o episódio ocorrido há alguns anos quando o cantor se solidarizou e participou da reforma de um terreiro de candomblé que havia sido incendiado no Rio de Janeiro.

Na época, Kleber Lucas foi muito criticado e passou a ser visto com outros olhos pelo segmento evangélico. Desde então, ele tem abraçado a causa, se tornando um militante defensor da liberdade religiosa.

+ Ex-gospel é a nova sensação do funk proibidão

Kleber contou que foi hostilizado e amplamente criticado no meio evangélico. Além disso, afirmou que foi vítima de intolerância e sofreu diversas ofensas, inclusive raciais.

“Me chamaram de preto safado, crente safado, pastor herege”. Ele também revelou que foi até mesmo ameaçado de morte.

O cantor também firmou que lamenta muito saber que alguns segmentos da igreja se propõe a levantar uma bandeira de intolerância e desrespeito, em achar que Deus é propriedade exclusiva do movimento evangélico.

+ Felippe Valadão chama pastor Anderson Silva de “maconheiro tatuado”

“Deus não é propriedade exclusiva de religião nenhuma, Deus é Deus, é vento, é livre, e ele sopra aonde quer, e do jeito que quer”.

 

 

Ex-pastora faz sucesso com venda de nudes na web

Ela garante que isso a transformou em uma mãe melhor, pois agora consegue conversar abertamente com os filhos sobre sexo.


Morre pastor Henrique, pai da ministra Damares Alves, aos 92 anos

O reverendo atuava como pastor na Igreja do Evangelho Quadrangular.


Pastor é suspeito de matar adolescente de 14 anos

Ela foi encontrada em uma propriedade ao lado da casa do pastor. O corpo estava com um hematoma no pescoço e uma lesão na boca.


Mesmo “imunizado”, pastor José Wellington está na UTI com Covid-19

A família divulgou um novo boletim médico com informações atualizadas sobre o estado de saúde do religioso.


Inocência provada: Marcos Pereira é absolvido pela Justiça

Durante o tempo em que passou na prisão, o pastor aproveitou para evangelizar os presos e pregar o evangelho.